Províncias

Quilengues recupera vias de acesso

Arão Martins | Quilengues

O programa de reabilitação das vias secundárias e terciárias do município de Quilengues, na província da Huíla, vai contemplar brevemente cerca de 250 quilómetros, anunciou ontem o administrador local.

Programa de reabilitação de estradas visa facilitar as trocas comerciais na região
Fotografia: Joana Santos | Quilengues

Armando Vieira disse ao Jornal de Angola que, há dois anos, a empresa Jembas trabalhou no processo de reabilitação do troço que liga a comuna de Impulo, localidade de Quicuco e Pira.Explicou que o projecto foi interrompido por razões contratuais e que as autoridades estão a trabalhar para que a acção de recuperação das vias secundárias e terciárias seja retomada, logo que haja condições para o efeito.
O processo de reabilitação das estradas abrange também as ruas da sede municipal, onde já estão instaladas máquinas, adquiridas no quadro do Programa de Combate à Pobreza, como cilindros e niveladoras, entre outros.
Armando Vieira reconheceu que o tapete asfáltico do tempo colonial das vias internas de Quilengues já se degradou. Por isso, em várias ocasiões, as autoridades administrativas têm envidado esforços junto do Governo Provincial para que as mesmas sejam contempladas com um novo  asfalto.
O administrador municipal de Quilengues explicou que, no quadro dos programas de Investimentos Públicos e do Integrado de Desenvolvimento Rural de Combate à Pobreza, se está a reabilitar infra-estruturas escolares, parques infantis e hospitais, entre outros, mas há ainda dificuldades de circulação nas vias secundárias e terciárias.
O município de Quilengues é atravessado pela estrada nacional que liga as províncias da Huíla e Benguela, passando pelo município de Cacula.
O administrador disse que o referido troço, numa distância de aproximadamente 100 quilómetros, está a beneficiar de obras de restauro, no quadro do Programa de Manutenção das Estradas Nacionais, desenvolvido pelo Executivo, através do Ministério da Construção. O administrador Armando Vieira salientou que o projecto de tapa buracos, que começa nas imediações do rio Cuporolo até à sede do município de Quilengues, está concluído. A empresa contratada para o efeito, acrescentou, trabalhou no programa durante três meses.
Com a conclusão deste trabalho, o administrador municipal assegura que já se pode circular de forma segura e tranquila entre Quilengues, Huíla, Chongorói e Benguela. “Neste momento, as obras de manutenção da estrada estão a decorrer no sentido sul”, disse, para adiantar que, num período de 30 a 45 dias, o troço entre Quilengues e Cacula vai ser concluído.

Tempo

Multimédia