Províncias

Raiva causa três mortes em Nharêa

José Chaves

As autoridades sanitárias no município de Nharêa, no Bié, registaram, desde o passado mês de Junho, 12 casos de munícipes mordidos por cães raivosos, dos quais três terminaram em óbitos.

Fotografia: Edições Novembro

O técnico da Secção Municipal de Veterinária, Adelino Jamba, disse ontem ao Jornal de Angola que a situação está a preocupar as autoridades sanitárias, apelando por isso a população no sentido de aderir à campanha de vacinação anti-rábica.
Segundo Adelino Jamba os casos de mordeduras foram registados nas comunas de Caieie, Dando e no sector da Maria Teresa, na sede municipal. Esclareceu que o sector da Saúde Pública trabalha com o Ministério da Agricultura e com a Administração Municipal com o objectivo de erradicar determinadas doenças. “Estamos a trabalhar na sensibilização da população para que leve os cães aos postos de vacinação”, referiu.
Adelino Jamba afirmou que estão a ser tomadas medidas para se evitar um surto de raiva, mas lamentou a falta de colaboração da população durante a campanha de vacinação de animais domésticos. “A po- pulação não colabora com as autoridades sanitárias, evocando argumentos injustificados para levar os animais à vacinação”, salientou.

Tempo

Multimédia