Províncias

Recolhidas toneladas de lixo no Luena

Catorze mil e 400 toneladas de lixo foram recolhidas na cidade do Luena, Moxico, durante o primeiro semestre de 2010, pela empresa de Desenvolvimento e Crescimento de Angola “ADMC”, disse ontem, à Angop, Alfredo Francisco Dembos.

Com a recolha do lixo em todas as artérias da cidade do Luena o município sede apresenta um novo visual
Fotografia: Jornal de Angola

Catorze mil e 400 toneladas de lixo foram recolhidas na cidade do Luena, Moxico, durante o primeiro semestre de 2010, pela empresa de Desenvolvimento e Crescimento de Angola “ADMC”, disse ontem, à Angop, Alfredo Francisco Dembos.
Sem comparar a quantidade de substâncias sólidas recolhida no último semestre de 2009, admitiu haver um aumento face ao crescimento da população da cidade.
Alfredo Francisco Dembos lamentou o facto dos munícipes não acatarem o cumprimento do horário, que vai das 17 às 06horas do dia seguinte, para a deposição do lixo nos locais indicados pela administração municipal.
Na sua óptica, os fiscais da administração deveriam fazer ronda aos pontos focais com vista a disciplinar os incumpridores que, ao invés de usarem os contentores, depositam o lixo no chão.
Quanto aos meios técnicos, a empresa possui quatro basculantes de três toneladas, duas máquinas compactadoras de 15 toneladas e meia, uma pá carregadora de porte médio, três dumperes de uma tonelada, insuficientes devido à extensão da cidade. O serviço é assegurado por 163 trabalhadores, entre pessoal de limpeza e motoristas, distribuídos em sete brigadas. Para além da recolha do lixo em todas as ruas  da cidade e bairros suburbanos, a ADMC faz a limpeza das sarjetas e valas de drenagem. A ADMC, de iniciativa privada, opera na cidade do Luena há três anos.

Tempo

Multimédia