Províncias

Recomendada a expansão da rede sanitária

Francisco Curihingana| Cangandala

O primeiro encontro de balanço das actividades desenvolvidas pelo sector da Saúde no município de Cangandala, no decurso do primeiro semestre do presente ano, recomendou a necessidade da conclusão, com urgência, dos postos médicos das localidades de Cacualo, Kimuezo e Bembo, além do alargamento da rede sanitária em toda a região.

Os participantes  pediram a ampliação dos serviços hospitalares do município, sobretudo um laboratório para diagnóstico de tuberculose, um centro materno infantil, serviços de ortopedia e bloco operatório. Aos sobas e sekulos da região foi recomendado fazerem esforços na sensibilização da população para a construção de latrinas, como forma de prevenir as doenças na comunidade.
A intensificação da supervisão nos postos de saúde, a criação de postos fixos de vacinação, incremento de acções formativas dos técnicos de saúde para dar resposta às necessidades do município, alertar a população para possíveis casos de ébola e o empenho na melhoria dos indicadores da saúde constam também entre as recomendações. O vice-governador de Malanje para o sector político e social, Manuel Campo, destacou os esforços em curso que visam fazer chegar aos munícipes a assistência desejada, com a criação de serviços essenciais. Recomendou a continuidade das acções junto das comunidades rurais, para garantir uma assistência cada vez melhor na perpesctiva de alcançar os Objectivos do Milénio.
A administradora municipal de Cangandala, Rosa André Lourenço, disse que a reunião vai permitir o relançamento da assistência às populações.

Tempo

Multimédia