Províncias

Registadas 520 mordeduras de animais domésticos

Um total de 520  pessoas foi mordido por cães, gatos, macacos vadios e morcegos, de Janeiro a Setembro do corrente ano, na cidade de Saurimo, Lunda-Sul,  informou hoje, à imprensa o chefe de departamento local de Saúde Pública, Gomes Txipilica.  

inúmeras pessoas são mordidas por animais
Fotografia: DR

A falta de um laboratório específico para análise de casos de mordeduras, e, consequentemente, a escassez de vacinas anti-rábica constituem os principais obstáculos para o tratamento eficiente de pessoas vítimas de mordedura de animais.   
 Gomes Txipilica disse que, por falta de meios, não conseguem determinar com precisão quando é que a pessoa mordida por um animal raivoso está contaminada.  “Apenas baseamo-nos em suspeições.  Continuamos à espera, há muito, dos resultados de amostras enviadas para Luanda e África do Sul. Portanto,  enquanto isso,  qualquer iniciativa de  isolar uma mordida, sem provas de que está contaminada  com raiva, acaba  por ser uma atitude injusta  e dolorosa para  a própria pessoa”, frisou. 

 

 

Tempo

Multimédia