Províncias

Reserva alimentar garante oferta estável de produtos

O ministro da Economia e Planeamento, Pedro Luís da Fonseca, afirmou, na ocasião do seu lançamento, que o Programa de Fortalecimento de Resiliência, Segurança Alimentar e Nutricional  está alinhado com a política do Executivo angolano de constituir e implementar a reserva estratégica alimentar.

Fotografia: KINDALA MANUEL | EDIÇÕES NOVEMBRO

Pedro Luís da Fonseca disse que a reserva estratégica alimentar visa proporcionar, dentro de parâmetros pré-estabelecidos, o  acesso da população a uma certa quantidade de produtos alimentares básicos em condições de estabilidade da oferta  e intervir de forma pontual na estabilidade de preços.
O ministro  disse ainda que a segurança alimentar e nutricional, sobretudo no interior do país, “é um dos pontos importantes do Plano de Desenvolvimento Nacional que reconhece a gravidade da ocorrência das alterações climáticas em Angola.

Tempo

Multimédia