Províncias

Reserva fundiária possui zona verde

O ordenamento da reserva fundiária sul de Benguela inclui 37 hectares de zona verde, para proporcionar condições ambientais equilibradas aos futuros moradores da área para a qual está prevista a construção de uma centralidade, garantiu o governador provincial.

Isaac dos Anjos deu esta informação em resposta a uma preocupação apresentada pela directora provincial do Comércio, Hotelaria e Turismo, Alice Cabral, durante a visita realizada à zona fundiária a sul da província, com 4.799 hectares.
A centralidade que ali vai ser construída inclui edifícios com andares unifamiliares, em parcelas de terra de mil metros quadrados, e cuja venda começa em Março. A localidade vai ter uma marginal que a­brange as parcelas 19, 15, 11 e 30, destinadas à instalação de fábricas, comércio e prestação de serviços.
“A marginal do Mormolo corresponde à área adjacente à Estrada Nacional 250, que liga a cidade de Benguela ao Lubango”, disse Isaac dos Anjos, acrescentando que próximo daquele perímetro vai ser construída a auto-estrada periférica de Benguela, destinada a ligar as cidades do litoral.
O governador referiu que o talhão número 31, com 866 lotes ordenados, já está a receber antigos moradores dos bairros da Ilha e do Uche Antigo, que se encontravam em zonas de risco.
O empresário do ramo da construção civil Carlos Cardoso disse, por sua vez, tratar-se de um projecto de grande gabarito que vai valorizar as populações.

Tempo

Multimédia