Províncias

Responsáveis desenvolvem conhecimentos

Matias da Costa e João Constantino | Cuito

Os chefes de repartição e de secção das administrações municipais do Cuito, Cunhinga e Camacupa participam desde ontem num seminário sobre gestão dos recursos humanos e dos fundos públicos, promovido pela  Cruz Vermelha de Angola (CVA),

Intenção é diminuir a morosidade processual administrativa com a redução do índice de burocracia nas administrações do Estado
Fotografia: Francisco Bernardo

em parceria com a sua congénere de Espanha, no âmbito da cooperação institucional.
O delegado da CVA na província do Bié, Ângelo Sassango, indicou que a formação visa conferir maior fluidez aos trâmites administrativos das instituições públicas.
“A intenção é reduzir ao máximo a morosidade processual administrativa, ofuscar o índice de burocracia nas administração do Estado, que penalizam o cidadão comum, e dotar os responsáveis de mecanismos para melhorar a gestão da coisa pública”, sublinhou.
Ângelo Sassango explicou que o programa de cooperação institucional entre as duas organizações humanitárias é progressivo, com uma vigência de três anos, e abrange os restantes municípios do Bié.

Sáude pública

Os casos de malária em crianças, com 900 registos entre os meses de Janeiro e Março  na pediatria do Hospital Provincial, reduziram de forma significativa no Bié, considerou na quarta-feira, no Cuito, a chefe deste serviço hospitalar.
Amélia Vita  referiu que o acatamento das normas de prevenção é uma das causas da redução de casos.  A chefe da Pediatria do Hospital Provincial falava durante uma visita que o governador provincial do Bié  realizou  a esta unidade sanitária, para constatar o   funcionamento do sector. Boavida Neto visitou também o depósito de medicamentos e o Centro Médico Piloto e Ortopédico.
O governador provincial do Bié disse ter recebido informações de que a maioria das gestantes  assistidas no centro médico são adolescentes, com idades até aos 16 anos. Boavida Neto apelou à população para ajudar as autoridades a combater as principais doenças que afligem as comunidades, com o reforço das medidas de prevenção.

Tempo

Multimédia