Províncias

Rigor financeiro nos programas contra a pobreza

Justino Vitorino | Calenga

O vice-governador provincial do Huambo para o sector Económico pediu ontem, na comuna da Calenga, aos administradores municipais mais rigor financeiro na execução dos programas de combate à pobreza.

Joaquim Rodrigues, que fez o apelo na abertura de uma sessão ordinária da Unidade Técnica de Combate à Pobreza durante a qual foi feito o balanço das receitas arrecadadas em Setembro no âmbito do Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e Combate à Pobreza, declarou que os gestores públicos têm de ter  uma gestão rigorosa e cumprirem com escrúpulo as tarefas que contribuem para o aumento da oferta dos serviços essenciais básicos às populações.
O também coordenador da Unidade Técnica de Combate à Pobreza referiu a importância da apresentação de acções que se coadunem com a estratégia do Executivo, principalmente as destinadas aos mais desfavorecidas.
Caála foi considerada a jurisdição com melhores indicadores em termos de cumprimento e execução de acções do Programa Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e de Combate à Pobreza. O administrador Victor Tchissingui afirmou que foram executadas várias obras de impacto social.

Tempo

Multimédia