Províncias

Roubo de gado bovino no centro das discussões

O roubo de gado, a vacinação animal e o processo de registo eleitoral na Província do Cunene estiveram no centro das discussões dos membros do Conselho Provincial de Auscultação e Concertação Social do Cunene, reunidos na sexta-feira em Ondjiva, na sua primeira sessão ordinária deste ano.

Autoridades da província preocupadas com o roubo de gado
Fotografia: Fernando Camilo | Edições Novembro

Orientada pelo governador provincial do Cunene, Kundi Paihama, o encontro analisou   a questão da estação chuvosa e seus efeitos, e perspectiva de desenvolvimento agropecuário na região.
Ao intervir no encontro, o director do Gabinete de Estudo e Planeamento no Cunene, Arnaldo Higino Lourenço, informou haver   27 projectos de âmbito central e local em curso desde 2014 na província que, por causa da situação que o país vive, não foram concluídos, mas em breve são terminados.
“Projectos como a Mediateca, escola do II ciclo de Namayaca, Hospital municipal do Cuanhama, Delegação do Interior, Inapem, a Sé e a Casa da Cultura já  concluídos e esperam  o devido apetrecho para serem entregues aos beneficiários”, referiu Arnaldo Higino Lourenço. O governador provincial, Kundi Paihama, pediu maior responsabilidade às empresas responsáveis pelos projectos para que estes sejam terminados em tempo oportuno, visto que muitos deles já estão pagos na totalidade.
“É preciso responsabilizar estas empresas, porque temos observado algum atraso na execução das obras”, disse o governador provincial.
Kundi Paihama mostrou-se, por outro lado, preocupado com o furto de gado bovino e pediu mais colaboração dos administradores comunais e municipais , autoridades tradicionais e igrejas na educação, assim como a denúncia dos envolvidos para que sejam responsabilizados criminalmente.

Tempo

Multimédia