Províncias

Ruas de Nharêa são asfaltadas

José Chaves | Nharêa

As ruas da sede municipal de Nharêa, na província do Bié, são  asfaltadas, pela primeira vez desde a Independência do país, no quadro de um projecto inserido no Plano Director de Desenvolvimento do município, anunciou ontem a sua administradora.

Decorrem neste momento os trabalhos de terraplenagem nas ruas da sede municipal
Fotografia: José Chaves

Maria Lúcia Chicapa disse que a empreitada está a cargo da empresa de construção civil SINOHIDRO, estando os trabalhos de terraplenagem em fase inicial, para depois arrancar-se com a asfaltagem.
A administradora municipal de Nharêa disse que, desde a época colonial, a localidade não beneficiava de vias asfaltadas e anunciou  que a segunda fase deste projecto tem a duração de nove meses.
Durante a segunda fase são reabilitadas sete vias urbanas, com colocação do tapete asfáltico, instalação de rede de iluminação pública e de abastecimento de água potável, esgotos, lancis, passeios e ductos para drenagem de águas residuais.
Lúcia Chicapa admitiu que, com este e outros projectos de impacto social em execução na localidade, os habitantes do município de Nharêa vão ver solucionadas algumas das suas inquietações.
 O regedor da região, Timoteo Severino, avançou que, com a asfaltagem das ruas, ficam para trás as nuvens de poeira, que, em muitos casos, eram a causa de doenças respiratórias.
Além das ruas da sede de Nharêa, as autoridades governamentais já tinham realizado obras na estrada que liga este município ao Andulo, há dois anos, com a colocação do tapete asfáltico e reabilitação das valas de drenagem para a passagem de águas pluviais.
A via rodoviária, de 46 quilómetros, foi recuperada pelo Governo, no âmbito do Programa de Investimentos Públicos, sendo a primeira estrada construída na Nharêa depois da proclamação da Independência Nacional, uma vez que dispunha apenas de vias terraplanadas.
Antes da reabilitação da estrada, a viagem entre as localidades de Andulo e Nharêa durava oito horas e, agora, são gastos apenas 20 minutos no  trajecto.

Administração do Andulo está a beneficiar de obras

A obras do edifício da Administração Municipal do Andulo, na província do Bié, iniciadas no princípio desde mês, ficam concluídas em Novembro, anunciou ontem, ao Jornal de Angola, o administrador  Moisés Américo Cachipaco.
As obras consistem na substituição do tecto, janelas e portas, pintura, reparação de paredes e colocação de mosaico.
Moisés Américo Cachipaco esclareceu que o edifício vai ter mais quatro gabinetes. A sede da Administração Municipal do Andulo, construída na década de 60 do século XX, é uma estrutura arquitectónica emblemática, classificada entre as melhores da província do Bié. As áreas adjacentes encontram-se em mau estado, além da infiltração de água pelo tecto, situação que tem estado a acelerar a degradação do edifício e o seu ornamento, segundo o administrador Moisés Cachipaco.

Tempo

Multimédia