Províncias

Sector da Educação com bons indicadores

Victor Mayala | Mbanza Congo

A Educação, com mais 300 novas salas de aulas em todos os municípios, foi o sector que mais crescimento registou a nível da província do Zaire, durante os dois últimos anos, disse, ontem, o director Provincial da Educação no Zaire.

Acesso ao ensino facilitado na província do Zaire com a construção de mais escolas
Fotografia: Adolfo Dumbo | Mbanza Congo

Domingos Nkita Margarida informou que um dos maiores desafios do Governo Provincial do Zaire   reduzir o mais rápido possível as estimativas de cerca de 11 mil crianças e adolescentes que se encontram fora do sistema normal de ensino, assim como substituir as escolas precárias por infra-estruturas de construção definitiva.
As novas escolas, erguidas no quadro do programa de expansão da rede escolar, levado a cabo pelo Executivo, contemplam vários outros serviços como bibliotecas, laboratórios de informática, campos multiusos e espaços de lazer, disse o  director Provincial da Educação no Zaire. No âmbito da melhoria e materialização deste programa, o governo levou a cabo uma série de acções de restauração e ampliação de antigas escolas em todos os municípios da província. />"Até  2012, a rede escolar da província do Zaire era constituída por 1.472 salas de aulas. No ano seguinte, aquela parcela do país ganhou mais 219 salas e outras 158 foram erguidas nos últimos nove meses, o que permitiu a inserção no sistema mais de 16 mil novos alunos", disse o director Provincial da Educação no Zaire, que informou ser propósito do governo  incluir, até ao próximo ano, todas as infra-estruturas básicas para o sector da Educação. O director provincial da Educação no Zaire, Domingos informou que 27.122 alunos, distribuídos por 90 escolas primárias, beneficiaram o ano passado da merenda escolar.
A pretensão das autoridades governamentais da província é que, até 2017, a merenda escolar contemple  90.155 alunos, concluiu Domingos Nkita Margarida.

Tempo

Multimédia