Províncias

Sector da saúde está a ser reforçado

Venâncio Victor |Malange

O sector da Saúde, no município de Cangandala, em Malange, vai contar brevemente com três novos postos médicos, todos construídos de raiz, apurou no sábado o Jornal de Angola nesta localidade, localizada nos arredores da sede da província.

O sector da Saúde, no município de Cangandala, em Malange, vai contar brevemente com três novos postos médicos, todos construídos de raiz, apurou no sábado o Jornal de Angola nesta localidade, localizada nos arredores da sede da província.
De acordo com a responsável municipal da Saúde em exercício, Isabel da Conceição, as referidas unidades estão em construção nas localidades de Culamagia, Tamba e Kwanza, estando as obras praticamente concluídas, aguardando-se apenas que sejam apetrechadas para serem inauguradas.
Foram ainda construídos postos de saúde nas localidades de Caribo e Bembo, que ficam, respectivamente, a 35 e 85 quilómetros da sede municipal de Cangandala.
O município de Cangandala dispõe apenas de 27 técnicos de saúde, número que Isabel da Conceição considera demasiado reduzido face às necessidades do sector naquela localidade.
 Para colmatar a situação, frisou, são necessários, no mínimo, 35 novos enfermeiros, com vista à cobertura do quadro clínico da região, sendo que as áreas de enfermagem geral, estomatologia, oftalmologia, bloco operatório e banco de dados de sangue são os que mais necessidades enfrentam.
Isabel da Conceição disse que outro grande problema com que se confrontam as autoridades sanitárias de Cangandala tem a ver com a falta de energia no hospital municipal, que tem capacidade para internar 24 pessoas e dispõe de serviços de consultas externas e pediatria.
 O facto tem criado sérios constrangimentos na solução de casos de emergência que ocorrem durante a noite.

Tempo

Multimédia