Províncias

Sedes comunais com novos centros de saúde

Delfina Victorino | Cuito

Um total de 30 centros de saúde comunais estão a ser erguidos em toda a extensão da província do Bié, no âmbito do programa de aproximação dos serviços sanitários às populações, disse, no Cuito, o director provincial das Obras Públicas.

População da região deixa de percorrer longas distãncias em busca de assistência médica
Fotografia: Jornal de Angola

André Kakuarta explicou que os centros de saúde em construção nas 30 comunas da província vão beneficiar de equipamentos modernos ainda este ano.
O director provincial das Obras Públicas afirmou que, no ano transacto, foram planificados dez centros de saúde em alguns municípios, todos com uma capacidade para 30 camas cada.
 André Kakuarta acrescentou que dos centros planificados para 2013 falta concluir apenas um na comuna da Gamba, município de Nharêa.
André Kakuarta esclareceu que 23 sedes comunais da província já dispõem de centros de saúde, erguidos e prontos a ser apetrechados.
As comunas do Munhango, Chiuca, Malengue, Cachingue,Trumba, Cambandua e Cieie são as únicas parcelas da província do Bié que, até ao momento, não beneficiaram da construção de centros de saúde. Este ano, o Governo Provincial do Bié vai começar a construção de novas sete infra-estruturas de saúde a nível das comunas de Caieie, Cahingue, Trumba e Cambandua.
A par disso, foi reabilitado o Hospital Missionário do Vouga, enquanto o de Catota foi construído no município do Cunhinga. Ambas as unidades sanitárias vão possuir capacidade para albergar mais de 60 pacientes.
O director das Obras Públicas informou que mais 13 postos de saúde, com oito salas de atendimento, vão ser erguidos este trimestre em todas as embalas do Bié.

Tempo

Multimédia