Províncias

Serviços de Saúde com falta de meios de diagnóstico

Venâncio Victor

A maior parte dos laboratórios dos serviços públicos de saúde em Malanje está sem reagentes para as análises clínicas, o que obriga muitos pacientes a recorrer ao sector privado, apurou o Jornal de Angola.

Fotografia: João Gomes | Edições Novembro

Na Maternidade Provincial de Malanje, a  supervisora Catarina da Glória disse que o laboratório só pode dar resposta rápida à verificação do grupo sanguíneo e à pesquisa do plasmódio, acrescentando que nos casos urgentes têm solicitado a colaboração do laboratório do Centro Sagrado Coração de Jesus, pertencente à Igreja Católica. Na Pediatria também só há reagentes para verificação da hemoglobina. No Hospital Geral as urgências de medicina, segundo o chefe-adjunto da instituição sanitária, Pedro de Brito, além da falta de reagentes, também não tem sido possível o internamento e diagnóstico de casos de insuficiência renal.
No Hospital Municipal de Malanje podem fazer-se exames hematológicos, serológicos e parasitológicos, segundo Berta Alfino, directora administrativa.

Tempo

Multimédia