Províncias

Serviços sociais são reforçados

José Chaves e Matias da Costa | Andulo

Um sistema de abastecimento de água potável, uma escola primária e um posto de saúde são inaugurados amanhã, no município da Nharea, pelo governador provincial do Bié, Boavida Neto.

Milhares de crianças do município com acesso fácil ao sistema de ensino no próximo ano
Fotografia: Paulo Mulaza

Além da escola de cinco salas de aulas, do posto de saúde, com capacidade para dez camas, e do sistema de água, o governador provincial inaugura ainda uma residência geminada para acomodar professores e enfermeiros.
Os empreendimentos são inaugurados no quadro de uma visita de trabalho que o governador provincial realiza até amanhã ao município do Andulo, que fica a 130 quilómetros da sede da província.
Durante a sua estada no Andulo, Boavida Neto  orienta uma reunião técnica, que junta o governador provincial e os administradores municipais, para analisar o Programa de Combate à Pobreza no Bié, bem como os projectos de impacto socioeconómico.

Redução de assimetrias

As vagas de investimentos de bens e serviços proporcionaram igualdade de oportunidades entre os habitantes das sedes municipais e do interior da província do Bié, afirmou ontem, na cidade do Cuito, o governador provincial.
Boavida Neto disse que a construção de novas infra-estruturas socioeconómicas, principalmente na Saúde, Educação, Habitação e Indústria permitiu, sem excepção, o acesso gratuito e humanizado de serviços básicos à população.
As autoridades provinciais estão a consolidar o programa de proximidade de bens e serviços ao cidadão em toda a província, tornando realidade as políticas de inclusão.Durante os 13 anos de paz efectiva originaram-se grandes progressos. Neste período, foram construídas 1.474 escolas, das quais 442 são definitivas.
No subsistema de ensino, pelo menos 495.766 alunos compõem a rede primária, 58.705 estão no I ciclo, 17.105 no II ciclo e 33.429 no programa de alfabetização, enquanto 2.047 estudantes se encontram no sistema técnico-profissional.Para assegurar a rede de ensino na educação primária, existe um total de 9.801 professores e 3.175 no secundário. Quanto ao ensino superior, os dados apontam para 2.279 estudantes na Escola Pedagógica e outros 1.553 a nível do Instituto Superior Politécnico. O sector da Saúde também regista melhorias significativas com a humanização dos serviços.
Tem um hospital provincial e outro regional, além de nove unidades municipais.A província tem ainda 33 centros de saúde, 116 postos, com serviços assegurados por 14 médicos nacionais e 83 expatriados.
Outra evolução regista-se no sector da Energia e Águas, com progressão na rede de fornecimento de água potável em todas as sedes municipais e comunais, com sistema de captação e distribuição e ainda 916 furos nas periferias.

Tempo

Multimédia