Províncias

Supervisores são formados

Lino Vieira| Luena

Supervisores e Agentes de Desenvolvimento Comunitário e Sanitário(ADECOS) estão, desde segunda-feira a ser capacitados no Luena, na província do Moxico,  sobre os métodos de  testagem de  malárias nas comunidades.

Fotografia: JAimagens

A acção formativa, uma iniciativa do Ministério da Saúde em parceria com Fundo de Apoio Social FAS e Visão Mundial, vai, numa primeira fase, abranger  os municípios  do Moxico, Kamanongue e Luau.  
A vice-governadora provincial para o Sector Político e Social, Adriana Cacuassa Bento, disse que com a acção formativa se pretende aumentar as  competências aos técnicos a assumirem um papel responsável na promoção da saúde e na mudança de hábitos, e atitudes negativos no seio da população.
Adriana Cacuassa Bento disse esperar que os agentes consigam adquirir as melhores  técnica de tratamento e prevenção da malária, e o domínio  dos  sinais de  alerta da doença. “Os agentes são chamados a interagir com as  comunidades rurais e urbanas, assim como contribuir  para a municipalização dos serviços de saúde”, sustentou.
Adriana Cacuassa Bento defendeu uma maior envolvimento dos actores que intervêm na promoção da saúde, mas, para isso, referiu que é importante que se apliquem ao máximo para que a sociedade  tenha cidadãos saudáveis, capazes de contribuir no desenvolvimento do país.

Tempo

Multimédia