Províncias

Técnicos de saúde terminam formação sobre estatística

Casimiro José | Sumbe

Um total de 24 técnicos das instituições públicas e privadas ligadas ao ramo da saúde, no Sumbe, participa, desde quarta-feira até hoje, numa acção formativa sobre conteúdos básicos de estatística e informação de saúde, numa iniciativa da empresa Consaúde, Limitada.

Com a formação, pretende-se reactivar o sistema de informação a nível municipal, fornecer aos técnicos um pacote que lhes permita imprimir um seguimento rigoroso às actividades sanitárias e dotar os participantes de conhecimentos sobre o preenchimento dos instrumentos de recolha de dados. Os participantes estão a ser capacitados sobre matérias ligadas ao sistema de informação sanitária de rotina, qualidade e utilização de dados na tomada de decisões, métodos pedagógicos na avaliação e eficácia dos dados, entre outros temas.
O chefe de departamento de Recursos Humanos da Direcção Provincial da Saúde do Cuanza Sul, Henrique Silvestre, considerou a formação sobre a informação estatística uma acção que pode concorrer para a adequação da realidade prática aos desafios actuais.
Henrique Silvestre salientou que a estatística permite uma planificação racional, por isso, a sua elaboração deve ser rigorosa no seu conteúdo. “Toda a planificação requer dados, sob pena de agir de forma empírica. Por isso, é de suma importância o tratamento estatístico para se aferir resultados mensuráveis”, frisou o responsável.
Apelou no sentido de os participantes empenharem-se durante a formação, para que consigam aplicar os conhecimentos nas instituições em que laboram.

Tempo

Multimédia