Províncias

Trabalhadores da Kabimex estão há dez anos sem salários

Trabalhadores da empresa Kabimex, sedeada na província de Cabinda, estão, há cerca de dez anos, sem salários, devido ao que o governador local considerou falta de transparência e de boa gestão.

Governador de Cabinda radiografou o sector do comércio da província
Fotografia: JA

Trabalhadores da empresa Kabimex, sedeada na província de Cabinda, estão, há cerca de dez anos, sem salários, devido ao que o governador local considerou falta de transparência e de boa gestão.

O Mawete João Baptista anunciou, no final de uma visita de campo ao sector do Comércio, que o governo local vai dissolver a Kabimex, adiantando que os 40 trabalhadores podem ser integrados noutras empresas privadas que estão a surgir na província.
O governador Mawete João Baptista mostrou-se desapontado com o grau de desorganização da empresa e reafirmou que a falta de transparência e de boa gestão são os principais factores da crise.
 Mawete João Baptista visitou também a escola de hotelaria, manifestando-se igualmente desapontado com as condições infraestruturais que viu, pelo que defendeu a reorganização do estabelecimento e o aumento do número de salas de aula.
 O governador mostrou-se satisfeito com as condições de alojamento dos professores cubanos que encontrou na Escola Nacional de Comércio.

Tempo

Multimédia