Províncias

Troço Luena/Lucusse recebe asfalto

Geraldo Fonseca | Luena

Os trabalhos no troço rodoviário que une a cidade do Luena e a comuna do Lucusse, numa extensão de 133 quilómetros, decorrem a bom ritmo, com a colocação do novo tapete asfáltico.

Novo asfalto no troço Luena/Lucusse permite a fluidez do trânsito
Fotografia: Geraldo Fonseca|Luena

 

Os trabalhos no troço rodoviário que une a cidade do Luena e a comuna do Lucusse, numa extensão de 133 quilómetros, decorrem a bom ritmo, com a colocação do novo tapete asfáltico.
As obras, iniciadas em 2007, estão a cargo da Synohidro Corporation, que asfaltou, desde o mês de Setembro, cerca de 14 quilómetros.
O chefe de obras disse que se pretende asfaltar 30 quilómetros da via, até Dezembro próximo.
Nesta altura em que prossegue o processo de compactação da camada de sub-base (solo-cimento), entre o troço Sacassange/Dala, numa extensão de 16 quilómetros, e, na próxima semana, começa o lançamento do novo asfalto.
O responsável revelou que a sua empresa está a trabalhar para, até Dezembro, concluir as fundações e colocação das bases de betão betuminoso nas pontes sobre os rios Luena, Muximoge e Muanguelo.

Satisfação da população

Zeferino Caiombo, 28 anos, taxista, disse ficar orgulhoso em ver parte da estrada melhorada, uma vez que a reabilitação do troço vai facilitar a circulação e haverá menos avarias de meios, registadas por causa do mau estado da via.
“Anteriormente a viagem Luena/Lucusse demorava seis horas, hoje, com o trabalho que está a ser feito, principalmente em locais antes considerados críticos, demora três horas”, disse João Paulo, outro automobilista. Jonas António, agricultor e habitante da povoação de Sacassange, disse que a ligação da sua localidade com a cidade do Luena está a permitir o desenvolvimento da região, através das trocas de bens diversos.
Para ele, Luena e Sacassange estão mais próximos e os constrangimentos na circulação antes encontrados estão cada vez mais diminuídos.
A reabilitação da estrada Luena/Lucusse enquadra-se nos planos do Governo, de melhoria das vias de acesso ao nível do país, através do Programa de Investimentos Públicos (PIP).
A obra compreende a ampliação da via para quatro faixas de rodagem, contra as duas existentes e a recuperação de nove pontes.

Tempo

Multimédia