Províncias

Abriu o novo hospital

Os habitantes do município do Songo, 40 quilómetros a norte da cidade do Uíge, ganharam, no último final de semana, cinco novas infra-estruturas sociais, com vista à melhoria das condições de vida da comunidade.

Os habitantes do município do Songo, 40 quilómetros a norte da cidade do Uíge, ganharam, no último final de semana, cinco novas infra-estruturas sociais, com vista à melhoria das condições de vida da comunidade.
 Foram inaugurados o novo hospital, um posto de saúde e uma escola primária em Banza Luanda. O Songo passa a ter também uma casa para alojar vítimas de violência doméstica.
 O chefe de repartição municipal da Saúde do Songo, Katondi Imaza, disse que o novo hospital, inaugurado pelo governador Paulo Pombolo, tem capacidade para internar 70 doentes.
 O novo hospital tem serviços de Raios-X, bloco operatório com três salas de cirurgia, enfermarias de internamento, laboratório de análises clínicas, hemoterapia, estomatologia, seis consultórios, cozinha, refeitório e lavandaria.  Katondi Imaza informou que em breve dois novos médicos especializados em pediatria e medicina interna vão reforçar a equipa existente constituída por um cirurgião, um hematologista e um de medicina geral.
 O município, que conta com 122 enfermeiros, no novo programa de serviços primários de saúde, vai ganhar ainda um depósito de medicamentos e uma nova farmácia.
A vila do Songo tem uma extensão de 2.800 quilómetros quadrados, uma comuna, 13 regedorias, 83 aldeias e uma população de 36.000 habitantes.

Tempo

Multimédia