Províncias

Alunos no Uíje agridem professores depois das provas

António Capitão | Uíje

Alunos do ensino primário da escola 295, no bairro Candombe-Velho, município do Uíje, agrediram violentamente, na sexta-feira, último dia de exames, alguns professores, disse, sob anonimato, uma fonte da direcção do estabelecimento de ensino.

último dia de exames, alguns professores, disse, sob anonimato, uma fonte da direcção do estabelecimento de ensino.
A mesma fonte adiantou que cenas do género  ocorreram nas escolas 323 e na nova, do Bairro Cemitério, no município sede.
“Depois de recolhermos as folhas de prova, um grupo de estudantes começou a fazer promessas, proferindo palavras como ‘o professor que aparecer aqui vai ser grelhado’ e, de seguida, começaram a atirar garrafas, pedras, latas, ferros e outros objectos contundentes aos professores.
 Tivemos que nos refugiar nas salas e pedirmos o apoio da Polícia, que, felizmente, conseguiu aparecer a tempo de evitar o pior, tendo capturado alguns dos infractores”, contou.
“Este tipo de comportamento compromete a avaliação dos alunos que alinharam neste acto de vandalismo, visto que alguns deles já foram identificados e localizados, estando o assunto a ser resolvido pelos órgãos de justiça”.
A fonte do Jornal de Angola, que também foi vítima de agressão, teme que o acto venha a repetir-se, pois, dentro de dias, começam os exames finais para os alunos da 6ª Classe, que são, maioritariamente, adultos.
“A direcção da escola já tomou providências. Solicitamos ao comando provincial da Polícia Nacional, através da sua brigada de protecção escolar, alguns agentes policiais, como forma de prevenção de possíveis casos de vandalismo.

Tempo

Multimédia