Províncias

Analisada conduta dos jornalistas durante a cobertura eleitoral

Joaquim Júnior| Uíge

A isenção, subjectividade e a cientificidade dos conteúdos a serem divulgados, bem como a protecção contra o aproveitamento de terceiros são alguns princípios de conduta eleitoral que os jornalistas deverão ter em conta durante a cobertura das Eleições Gerais de 23 de Agosto próximo, recomendou o responsável pelo departamento de educação cívica e comunicação da Comissão Provincial Eleitoral (CPE), Alberto Lukoqui.

Tempo

Multimédia