Províncias

Áreas de formação e Saúde necessitam de mais técnicos

Os sectores da Educação e Saúde, em Maquela do Zombo, província da Uíge, precisam de mais professores e enfermeiros para fazer face a demanda dos munícipes nestes domínios da vida social, informou terça-feira, à Angop, fonte da Administração Municipal.

Autoridades locais querem fazer com que todas as crianças aprendam a escrever
Fotografia: Jornal de Angola

Os sectores da Educação e Saúde, em Maquela do Zombo, província da Uíge, precisam de mais professores e enfermeiros para fazer face a demanda dos munícipes nestes domínios da vida social, informou terça-feira, à Angop, fonte da Administração Municipal.
O administrador adjunto de Maquela do Zombo, Ntoto Faitoma, disse que no domínio da Educação o município precisa de 500 professores, porque cerca de 26 escolas das 127 existentes na circunscrição não estão a funcionar por esta causa.
“Temos 101 escolas a funcionarem, cujas aulas são garantidas por 385 docentes para os mais de 26 mil alunos matriculados este ano lectivo”, realçou.
No sector da Saúde, adiantou, existem quatro Centros de Saúde e 10 Postos Médicos, precisando de pelo menos cada unidade sanitária de quatro enfermeiros e um médico.
A nível do Hospital Municipal há apenas seis médicos a funcionarem no mesmo, quando a necessidade é de pelo menos 15 médicos para as diferentes áreas (medicina geral, cirurgia, pediatria, ortopedia e outros), reforçou.

Tempo

Multimédia