Províncias

Atendimento ao cidadão motivo de acção formativa

Joaquim Júnior | Uíge

Trabalhadores dos Serviços Integrados de Atendimento ao Cidadão (SIAC) no Uíge participaram durante três dias um seminário sobre “Boas Práticas e Civilidade dos Funcionários”.

Público da província é bem atendido
Fotografia: Eunice Suzana

O seminário, promovido pela Direcção Nacional do SIAC em parceria com a Escola Nacional de Administração (ENAD), serviu para estimular e desenvolver as competências técnicas e humanas com recurso a metodologias que elevam o nível de responsabilidade, lealdade, motivação e postura profissional dos funcionários das unidades de atendimento.
  “Técnicas e Práticas de Atendimento”, “Roteiro para um A­tendimento de Qualidade e Excelência”, “Marketing e Imagem Pessoal e Institucional”, “Comunicação, Ética e Deontologia Profissional”, “Assiduidade e Pontualidade”, “Cumprimento das Tarefas”, “Civismo para Trabalhadores”, “Gestão de XConflitos” e “Compromisso e Responsabilidade Laboral” foram temas analisados no encontro.
O coordenador do SIAC no Uíge disse que o objectivo da iniciativa foi melhorar as acções de atendimento, pois a afluência do público ao SIAC aumenta todos os dias. Justino Lucas afirmou que o número de clientes diários varia entre 200 a 250.
O formador Higino Chiquito disse que para melhorar a qualidade dos serviços é necessário que o trabalhador saiba realizar da melhor forma a tarefa que lhe está destinada, dentro dos princípios de lealdade, parcimónia, reserva, inscrição, tratamento com imparcialidade, sem olhar a caras nem as aparência.
O SIAC do Uíge integra os serviços de Identificação Civil, Registo Civil e Comercial, Cartório Notarial, Ficheiro das Denominações, Imprensa Nacional, Segurança Social, Viação e Trânsito, Seguradoras, Impostos e Estatística e serviços bancários.

Tempo

Multimédia