Províncias

Autoridades querem resgatar valores

As autoridades tradicionais da aldeia de Quica, do município do Uíge, estão a promover debates junto da população, e em particular dos jovens, no sentido de resgatar os valores culturais, morais e cívicos da região.

O regedor da aldeia, Miguel Alexandre, referiu à Angop que nos debates, está a ser destacada a importância dos princípios culturais, morais e cívicos numa sociedade. Com a realização de ciclo de debates pretende-se elevar o nível de conhecimento dos jovens sobre a cultura e as boas maneiras de convivência na comunidade.
“Nós como autoridades tradicionais da regedoria de Quica estamos a trabalhar junto das comunidades para transmitir os conhecimentos culturais às novas gerações, sublinhou.
Miguel Alexandre disse que é importante preservar certos hábitos e costumes que tendem a desaparecer e lembrou a necessidade de se resgatar o respeito aos mais velhos, à dança, o batuque, o fabrico de panelas de barro, entre outras tradições. Para o soba Ernesto da Cruz muitos jovens ainda não compreenderam o verdadeiro valor da cultura e da tradição da região. Por isso, os mais velhos e as autoridades tradicionais devem dar o seu contributo na transmissão destes princípios.
O ciclo de debates enquadra-se no âmbito do programa da Direcção Provincial da Cultura do Uíge, alusivo ao 8 de Janeiro, Dia Nacional da Cultura.

Tempo

Multimédia