Províncias

Camponesas da Damba têm transporte para escoamento dos produtos agrícolas

Joaquim Júnior | Damba

Dezenas de mulheres organizadas em associações agrícolas no município da Damba, a cerca de 179 quilómetros da cidade do Uíge, receberam na quarta-feira triciclos motorizados, fogões a petróleo e máquinas de costura doados pelo Comité da Mulher Rural, em parceria com o Executivo Central.

Feira agrícola mostrou o grande potencial da região e os esforços desenvolvidos pela mulher para combater a fome e a pobreza no campo
Fotografia: Eunice Suzana| Damba

Dezenas de mulheres organizadas em associações agrícolas no município da Damba, a cerca de 179 quilómetros da cidade do Uíge, receberam na quarta-feira triciclos motorizados, fogões a petróleo e máquinas de costura doados pelo Comité da Mulher Rural, em parceria com o Executivo Central.
Os triciclos motorizados vão ajudar as camponesas da localidade a transportar os produtos agrícolas das zonas de produção para os grandes centros de comercialização, enquanto os fogões a petróleo vão servir para diminuir o desmatamento, com a troca da lenha por este combustível para a confecção de alimentos.
As máquinas de costura agora distribuídas vão incentivar a actividade de corte e costura no seio das jovens mulheres rurais, que representam o grupo alvo deste projecto
O secretário-geral do Comité Nacional de Apoio e Promoção da Mulher Rural, António João, que fez a distribuição dos bens, considerou que o gesto se enquadra num amplo programa de apoio à mulher rural que o Comité promove em todo o país, enquanto parceiro do Executivo. A vice-governadora do Uíge para a esfera política e social, Maria Fernandes da
Silva e Silva, pediu às beneficiárias que conservem os meios recebidos e trabalhem para aumentar a renda familiar.
Josefina António, uma das beneficiárias, disse que os meios de transportes vão viabilizar o processo de escoamento dos produtos do campo para a sede domunicípio. “A comida deixa de se estragar na lavra e vai ser vendida no mercado”,disse.

Feira agrícola

Na quarta-feira, na regedoria de Soba Nanga, que fica a cerca de 40 quilómetros da sede municipal da Damba, foi realizada uma Feira Agrícola que contou com a participação de 71 associações de mulheres camponesas, provenientes das comunas de Nkama Ntambo, Nkusso Mpete, Nsosso e Lêmboa e de algumas regedorias do município.
O mercado rural, organizado pela direcção provincial da Família e Promoção da Mulher, administração municipal da Damba e Comité da Mulher Rural, permitiu às participantes demonstrar o potencial agrícola do município.
 Foram postos à venda mandioca, fuba de bombó, kizaca, feijão, jinguba, muteta, batata-doce, banana,
limão, café, tomate, cebola, alho, raízes e plantas medicinais, além dos cestos feitos de junco, panelas de barro, jarros e outras peças artesanais.
O secretário-geral do Comité Nacional de Apoio e Promoção da Mulher.Rural, António João, disse na ocasião que o Comité deu assim o “pontapé” de saída nos seus projectos de âmbito social e produtivo ao nível da província do Uíge.
O mesmo responsável acrescentou que a organização, enquanto parceira do Executivo, tem estado a intervir com acções específicas no Programa Rural Integrado de Combate à Fome e à Pobreza, bem como na ajuda a desenvolver o empreendedorismo no seio da mulher rural.
António João, referiu ainda que as mulheres rurais têm um grande poder de gestão que é preciso incentivar.

Tempo

Multimédia