Províncias

Camponesas reclamam estado das estradas

As camponesas do município do Sanza Pombo pediram, na vila do Pombo, a reabilitação das estradas que ligam as localidades à sede, para facilitar o escoamento dos produtos do campo para os centros de comercialização e possibilitar a melhoria das condições de vida das famílias locais.

Numa mensagem apresentada  pela camponesa Fernanda Pedro, as mulheres consideram que a degradação das vias terciárias e secundárias é uma das grandes dificuldades que vivem.
“Muitos produtos apodrecem devido ao estado das vias, que dificulta a circulação de viaturas”, ressaltou.
Depois de agradecer a realização dos fóruns de auscultação da mulher rural na sede de Sanza Pombo, disse que a mulher rural desempenha um importante papel na protecção do lar, sobretudo dos filhos e outros familiares, assim como na produção de alimentos,  contribuindo para a melhoria das condições de vida e segurança alimentar.
“Desde tempos remotos, a mulher esteve sempre ao lado dos homens na luta pela paz, em associações de camponeses e cooperativas agro-pecuárias para a produção de bens alimentares, na instrução e educação da camada mais nova, no processo de alfabetização e na evangelização para a pacificação dos espíritos”, sustentou.
A mulher rural integra a camada mais sofredora da sociedade, disse Fernanda Pedro, que pediu apoio para a construção de centros de aconselhamento familiar, formação para o empreendedorismo, condições de saúde em diversas áreas, instrumentos de trabalho e sementes, assim como centros de formação feminina. O acesso ao crédito bancário para incentivo da actividade agrícola e comercial, como forma de tirar a mulher rural da condição de pobreza em que se encontra, foi outro dos problemas a­presentados pelas camponesas, que intervieram no encontro com o vice-governador do Uíge para a área económica, Carlos Samba.
Presidido pelo administrador municipal do Sanza Pombo, Baptista Bunga, o encontro contou ainda com a participação da directora provincial do Uíge da Família e Promoção da Mulher, Catarina Domingos e do Coordenador do Grupo de acompanhamento do deste ministério à província do Uíge, Pinto Correia.
Participaram no fórum de Auscultação da Mulher Rural 150 camponesas das comunas do Uamba, Cuilo Pombo e Alfândega, assim como das aldeias vizinhas da vila do Pombo.

Tempo

Multimédia