Províncias

Camponeses beneficiam de crédito

Filipe Botelho |Cangola

Centenas de camponeses de dez cooperativas agrícolas do município de Cangola, receberam, na segunda-feira, do Banco Poupança e Crédito (BPC) vários instrumentos de trabalhos, no âmbito programa "Crédito de Campanha Agrícola".

Um ângulo do município de Cangola
Fotografia: Walter Gomes

Centenas de camponeses de dez cooperativas agrícolas do município de Cangola, receberam, na segunda-feira, do Banco Poupança e Crédito (BPC) vários instrumentos de trabalhos, no âmbito programa "Crédito de Campanha Agrícola".
Tractores, charruas, moinhos, carros de mão, botas de borracha, pás, machados, catanas, limas, rolos de arames farpados, motos serras, motobombas, pulverizadores, capas de chuva, adubos e sementes de tomate, repolho e de cebola fazem parte dos instrumentos recebidos pelos agricultores.
O gerente coordenador das agências do BPC no Uíge disse que, nesta primeira fase, foram disponibilizados cerca de 40 milhões de kwanzas aos associados de Cangola. José Teca afirmou que o município tem 18 cooperativas – com 623 associados no total – mas que agora vão ser atendidas apenas dez.
O administrador de Cangola, Luís dos Santos, afirmou estar satisfeito por o município ter sido o primeiro escolhido, no quadro do projecto de desenvolvimento agrícola que, referiu, vai fortalecer e dinamizar os pequenos e médios agricultores.
 Artur Augusto, um dos agricultores que beneficiou do empréstimo, disse que com os meios que recebeu vai poder contribuir para o desenvolvimento da cooperativa de que faz parte e ajudar a minimizar a fome na região.
Marcos Kissanga, outro agricultor, também afirmou que os meios recebidos vão contribuir para aumentar a produção na localidade.

Tempo

Multimédia