Províncias

Camponeses com boa safra

Joaquim Júnior | Damba

Mais de 600 mil toneladas de alimentos foram produzidos nesta campanha agrícola pelos agricultores do município da Damba, na província do Uíge, informou o chefe da Estação de Desenvolvimento Agrário (EDA) da circunscrição.

Grandes quantidades de alimentos foram produzidos na campanha agrícola
Fotografia: Eunice Suzana | Damba

Basílio Nunes informou que os agricultores recolheram mais de 300 mil toneladas de mandioca, cerca de 200 mil de feijão e quantidades consideráveis de ginguba, batata-doce, inhame, abacaxi, banana, entre outros produtos cultivados em quase 60 mil hectares de terras lavradas.
“A colheita está a melhorar significativamente, porque estamos a munir os nossos camponeses de ferramentas, que estão a contribuir para o aumento da produção nesta localidade”, declarou.
Os meios de trabalho e sementes distribuídas aos pequenos e médios agricultores da região permitiram o alargamento das terras aráveis e o consequente aumento da produção agrícola.  “Nos últimos quatro anos, a população conseguiu acumular celeiros com grande diversidade de produtos para consumir e comercializar”, disse, acrescentando que o Programa de Extensão e Desenvolvimento Rural enche de orgulho os camponeses da Damba.
O responsável da EDA no município, acredita que as metas traçadas pelas autoridades locais, com vista à revitalização da produção agrícola, podem ser alcançadas através dos trabalhos de mobilização efectuados pela Direcção Provincial da Agricultura, junto dos agricultores.
Basílio Nunes referiu que a formação dos dirigentes das associações camponesas em matérias de plantação e tipos de solos, assim como a criação de campos de demonstração, podem acelerar o desenvolvimento agrícola da Damba.
Para o arranque desta época agrícola, a EDA preparou 26 mil hectares, dos cerca de 78 mil programados para a lavoura.
O município tem 3.075 camponeses agrupados em 104 associações agrícolas.

Tempo

Multimédia