Províncias

Camponeses do Bungo recebem financiamento

António Capitão | Uíge

Os camponeses do município do Bungo, na província do Uíge, começaram a receber, desde sábado, crédito de campanha agrícola.

Banco concede crédito aos camponeses
Fotografia: António Capitão | Uíge

Os camponeses do município do Bungo, na província do Uíge, começaram a receber, desde sábado, crédito de campanha agrícola. O financiamento, correspondente a cinco mil dólares americanos, para cada beneficiário, consiste na distribuição de equipamentos de trabalho, entre os quais sementes e outros meios de apoio à actividade do campo. 
O empréstimo foi cedido pelo Banco de Poupança e Crédito (BPC) e visou entregar aos camponeses beneficiários sementes de batata rena, tomate, couve, repolho, cenoura, pimenta, ginguba, feijão e equipamentos de trabalho, como enxadas, catanas, ancinhos, limas, carros de mão, motobombas, pulverizadores, motosserras, botas de borracha, capas de chuva, adubos e fertilizantes. 
A directora para micro finanças do BPC, Isabel Miguel, referiu que a acção visa responder ao apelo e desejo do Chefe do Executivo sobre o Programa de Combate à Fome e à Pobreza. 
“Esta acção marca o início das nossas concessões de crédito agrícola aos camponeses da província do Uíge. O principal objectivo deste financiamento é potenciar os pequenos agricultores da região e permitir o aumento da produtividade agrícola na região”, disse.
Isabel Miguel disse que a sua instituição prevê atribuir um financiamento de até 12 milhões de kwanzas para beneficiar 111 camponeses da província. Acrescentou que a área de micro finanças do BPC pediu melhor gestão dos meios entregues aos camponeses de forma a garantir produção agrícola em grande escala e que a venda dos excedentes sirva para o reembolso do valor a que tiveram direito.
 “O Executivo está preocupado com a melhoria de vida das populações, principalmente as do meio rural. Por isso, pedimos que os primeiros beneficiários trabalhem com generosidade e devolvam o dinheiro que receberam para este mesmo dinheiro servir para financiar outros camponeses”, sublinhou.  A administradora municipal do Bungo, Helena Antunes Ferraz, disse que no município existem 53 associações de camponeses e parte destes vai beneficiar do crédito de campanha agrícola do BPC. 
“Devido à falta de incentivos, os camponeses deste município dedicam-se apenas a uma agricultura de subsistência, mas com o micro crédito aos agricultores acreditamos que nos próximos tempos a produção vai melhorar”, referiu.
 

Tempo

Multimédia