Províncias

Camponeses vendem produtos no mercado da aldeia Kaondo

António Capitão | Mucaba

Os camponeses do município de Mucaba, na província do Uíge, vendem, desde quarta-feira, os seus produtos agrícolas no mercado rural da aldeia Kaondo.

Falta de espaço força camponeses rurais a comercializarem em zonas improvisadas
Fotografia: Santos Pedro

Os camponeses do município de Mucaba, na província do Uíge, vendem, desde quarta-feira, os seus produtos agrícolas no mercado rural da aldeia Kaondo.
O mercado foi inaugurado pelo director provincial da Agricultura, Pesca e Desenvolvimento Rural, Eric Lussoki, que garantiu que o espaço serve não só para a comercialização de produtos agrícolas, mas também para a do café e outros produtos industriais em falta naquele município.
“O surgimento deste género de mercados enquadra-se no programa do Governo, que visa facilitar o escoamento dos produtos agrícolas produzidos nas comunidades rurais e também revitalizar a comercialização e produção do café”, disse.
O director da Agricultura, Pesca e Desenvolvimento Rural apelou aos camponeses de Mucaba a diversificarem a produção agrícola, devido à qualidade dos solos da região e da especificidade climatérica que o município apresenta. “Pretendemos que se dediquem também à horticultura, tendo em conta as características que os solos apresentam e a situação climatérica do município”, defendeu.
Eric Lussoki acredita que o cultivo de hortaliças pode transformar a região do Uíge na principal produtora destes produtos, evitando-se, assim, que os mesmos sejam adquiridos noutros pontos do país.
Manuel João, administrador municipal de Mucaba, considera que o escoamento da produção agrícola vai incentivar os camponeses a produzirem em maior escala, o que, por sua vez, vai impulsionar o desenvolvimento do sector agrícola no município.
“O maior incentivo para quem produz é vender os seus produtos. Acreditamos que, com a criação deste mercado, os nossos agricultores vão poder escoar a sua produção e produzirem mais, para elevar a actividade agrícola no município”, referiu.
Os camponeses de Mucaba produzem mandioca, batata-doce e rena, inhame, hortaliças, banana e citrinos.

Tempo

Multimédia