Províncias

Centro de Saúde de Quirima melhora assistência médica

Valter Gomes | Uíge

O Centro de Saúde da comuna de Quimaria, município do Bembe, necessita de mais 25 enfermeiros para dar resposta à demanda e melhorar a assistência médica e medicamentosa à população, informou o chefe da unidade sanitária.

Mbala Nsiansoki disse que o centro funciona com um enfermeiro e um técnico de laboratório de análises clínicas, insuficientes para dar resposta aos pacientes que recorrem à unidade sanitária, uma situação que considerou preocupante e de urgente resolução.
Além da falta de enfermeiros, o centro necessita igualmente de médicos e ambulâncias. O responsável informou que a falta de médicos tem provocado sérios embaraços na superação dos doentes que apresentam casos graves. “Temos estado a observar com alguma preocupação doentes graves serem transportados de moto por falta de uma ambulância”, lamentou.Com capacidade de internamento para 12 camas, o centro oferece serviços de banco de urgência, maternidade, consultas pré-natais, puericultura, programa alargado de vacinação, laboratório de análises clínicas e farmácia. A comuna de Quimaria subdivide-se em 16 aldeias e possui uma população estimada em mais de seis mil habitantes. Nela funcionam três unidades sanitárias, um centro na sede comunal e um posto médico na localidade de Mabaya e outro no Quizele.
O centro atende diariamente mais de 40 doentes que apresentam diversas patologias, muitos delas provenientes das localidades onde não existem postos de saúde, enquanto outros vêm do Nzeto, na vizinha província do Zaire.
O administrador comunal de Quimaria, São Silvestre Lucas, afirmou que o sector de Saúde enfrenta dificuldades e necessita de uma intervenção urgente das autoridades máximas da província.
A comuna possui uma extensão geográfica de 1.005 quilómetros quadrados e uma população estimada em 6.160 habitantes.

Tempo

Multimédia