Províncias

Conservação de vias ganha novo impulso

Joaquim Júnior |

O processo de conservação, manutenção e fiscalização das principais estradas e vias terciárias do Uíge vai conhecer melhorias significativas, nos próximos dias, com o reforço das capacidades de operação de 19 técnicos do Instituto de Estradas de Angola (INEA).

Cidade do Uíge acolhe acção formativa de técnicos do INEA
Fotografia: Eunice Suzana| Uíge | Edições Novembro

A formação sobre “Uso de equipamentos”, com a duração de 30 dias, está a ser ministrada por técnicos da empresa Minuila, com o objectivo de melhorar as técnicas de operação dos equipamentos que o INEA tem à sua disposição.
Na referida formação, participam mecânicos, motoristas e operadores, para que a intervenção da empresa conheça outra dinâmica, disse ontem o responsável do armazém das máquinas do INEA, Júnior Júlio Barros.
O responsável explicou que, neste momento, o INEA tem estado a intervir em algumas obras, com destaque para a fiscalização dos trabalhos de construção da estrada que liga a sede capital do Uíge ao município do Ambuila e da via alternativa do Uíge ao Negage. Em função disso, Júnior Barros acredita que a formação vem reforçar a capacidade de operação, desde os trabalhos mecânicos, condução e operadores de máquinas, para estarem em condições de responder às exigências dos trabalhos da instituição.
O responsável adiantou que o INEA tem nos seus armazéns equipamentos como pá escavadeira, carregadeira, camiões basculantes, tractores de lavoura e cisternas de águas, que permitem à instituição realizar trabalhos de terraplanagem de estradas, abertura de vias e trabalhos de tapa-buracos.
Além disso, Júnior Barros avançou que os referidos equipamentos servem ainda para trabalhos de fiscalização de obras de reabilitação de estradas e de outras acções pontuais na região. A formação, que decorre sem sobressaltos, vai ajudar também os técnicos a superar as avarias de algumas máquinas.

Tempo

Multimédia