Províncias

Consumo de água potável reduz doenças diarreicas

Os casos de doenças diarreicas originadas pelo consumo de água não tratada no município de Sanza Pombo, 155 quilómetros a nordeste da cidade do Uíge, registaram uma redução nos últimos tempos, fruto de instalação de sistemas de abastecimento em várias localidades.

População local reagiu satisfatoriamente
Fotografia: Mavitidi Mulaza | Uíge

O administrador municipal de Sanza Pombo, Baptista Bunga, informou à Angop que foram instalados oito sistemas de água através de furos nos bairros periféricos da vila, no âmbito do programa de combate à pobreza.
“Com esta acção conseguimos combater as doenças diarreicas em crianças. As diarreias desapareceram, porque a água que consumiam era imprópria”, disse Baptista Bunga.
O hospital local outrora registava muitos casos de doenças diarreicas, sobretudo em crianças, mas desde que a população começou a consumir água tratada estes reduziram consideravelmente. O administrador assegurou ainda que os Programas Municipal Integrado de Desenvolvimento Rural e de Combate à Pobreza estão a contribuir para a rápida melhoria da qualidade de vida das populações do meio rural.
O município de Sanza Pombo dista 155 quilómetros da cidade do Uíge e tem uma população estimada em 104 mil habitantes, que se dedicam essencialmente à agricultura.

Tempo

Multimédia