Províncias

Dange-Quitexe necessita de professores

Valter Gomes | Uíge

O município do Dange-Quitexe, 40 quilómetros a sul da cidade do Uíge, necessita de mais 160 professores para responder à enorme explosão escolar que a região regista.

Governo continua a construir mais escolas para permitir o ingresso de milhares de crianças no sistema de ensino em todo o país
Fotografia: Filipe Botelho |

O chefe da Repartição de Educação, Nicolau João, disse ao Jornal de Angola que o município conta com 625 professores distribuídos por diversas localidades, um número insuficiente para os 9.390 alunos matriculados este ano da iniciação à 12.ª classe.
Nicolau João referiu, contudo, que o Governo continua a construir mais escolas aumentando o ingresso de novos alunos no sistema normal de ensino. “Nos últimos 11 anos o Governo construiu 68 escolas para o ensino primário, I e II ciclos do ensino secundário.”
O chefe da Repartição de Educação sublinhou que as comunas de Cambamba, Vista Alegre e Aldeia Viçosa carecem de escolas do I e II ciclos para receber os alunos que terminam o ensino primário.

Merenda escolar

A merenda escolar abrange 1.470 alunos do ensino primário em Quitoque, Terra Nova e na escola 131, na sede do município do Dange-Quitexe e nas comunas da Aldeia Viçosa e Vista Alegre, revelou Nicolau João, que informou que no próximo ano lectivo pelo menos 7.000 alunos podem ter lanche no âmbito do programa.
O responsável esclareceu que a extensão da merenda escolar às diferentes escolas da comuna da Cambamba depende do melhoramento das vias de acesso.

Alfabetização

Cerca de 850 adultos frequentam aulas de alfabetização no município do Dange-Quitexe, disse Nicolau João, referindo que o pro grama tem vindo a surtir efeitos com a aderência muitas pessoas desejosas de aprender a ler e a escrever. “Um dos principais desafios da administração municipal do Dange-Quitexe é a luta contra o analfabetismo e, por isso, temos vindo a redobrar esforços para este subsistema de ensino funcionar em todas as aldeias, regedorias e comunas.” O chefe da Repartição de Educação indicou que no âmbito do programa de combate à fome e à pobreza a administração municipal do Dange-Quitexe vai construir mais salas de alfabetização em diversas localidades.
O município de Dange-Quitexe, com uma população calculada em cerca de 48.000 habitantes distribuídos por 75 aldeias e 17 regedorias, abrange as comunas de Aldeia Viçosa, Vista Alegre e Cambamba.

Tempo

Multimédia