Províncias

Dezenas de jovens do Seles estão aptos para o trabalho

Casimiro José |

Um grupo de 95 jovens concluiu, no Seles, ao fim de nove meses, cursos de corte e costura e de pastelaria e culinária realizados no centro móvel do Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional (INEFOP).

Um grupo de 95 jovens concluiu, no Seles, ao fim de nove meses, cursos de corte e costura e de pastelaria e culinária realizados no centro móvel do Instituto Nacional de Emprego e Formação Profissional (INEFOP). O director interino do INEFOP afirmou que os recém-formados estão aptos a começar a trabalhar e que durante a formação lhes foram ministradas, entre outras, disciplinas relacionadas com gestão de recursos materiais, matérias-primas e interrupção de ordem energética. 
Ambriz Unbonde pediu aos finalistas que se empenhem na actividade profissional e lembrou-lhes que o mercado de trabalho é muito competitivo.
Os finalistas prometeram, numa mensagem, empenharem-se na aplicação dos conhecimentos adquiridos nas acções de formação.  A Direcção Provincial da Administração Pública, Emprego e Segurança Social entregou aos recém-formados 35 kits profissionais de corte e costura e 25 de culinária e de pastelaria para lhes facilitar a integração em quatro unidades prestadoras de serviços criadas no fim dos cursos. O administrado municipal do Seles  afirmou que aposta na formação é, na actual conjuntura, uma exigência permanente que deve responder aos desafios de desenvolvimento da sociedade.
Alfredo Van-Dúnem referiu que  no mercado de trabalho exige uma formação adequada em várias especialidades e pediu aos recém-formados para não se acomodarem.

Tempo

Multimédia