Províncias

Dezenas de milhar de alunos beneficiados

Valter Gomes | Uíge

O governador provincial do Uíge, Paulo Pombolo, anunciou ontem que mais de 300 salas de aulas estão a ser construídas, para albergar no próximo ano lectivo, mais 24 mil alunos da iniciação à 12ª classe.

Autoridades da província apostam na criação de melhores condições para os alunos e professores com a construção de novas escolas
Fotografia: Edmundo Eucilio

No presente ano lectivo, foram matriculados mais de 350 mil alunos no ensino geral, cujas aulas são asseguradas por 14 mil professores.
O Executivo definiu a formação académica, técnica e profissional dos jovens como uma das prioridades para o desenvolvimento do país e por isso as autoridades apostam na criação de melhores condições para alunos e professores.

Política de habitação

No domínio habitacional, Paulo Pombolo realçou que nos últimos dois anos foram construídos em 14 dos 16 municípios da província 1.400 casas sociais para os funcionários públicos e outros, assim como 1.010 dos 4.500 apartamentos previstos para a centralidade do Quilomosso.
Outra aposta das autoridades provinciais é a melhoria das condições de circulação de pessoas e bens. Nesta altura, estão em reabilitação cerca de 356 quilómetros da estrada que liga a sede da província aos municípios do Songo, Bembe, Sanza Pombo, Buengas e Cangola, além de outras empreitadas que visam a melhoria das vias secundárias e terciárias dos municípios do Uíge.
O sucesso das obras implica a urgência de se afinar os mecanismos de planificação e fiscalização, procurando empreiteiros que cumpram os contratos e retirar dos concursos públicos as construtoras que não satisfazem os objectivos contratuais. Os trabalhos da estrada que liga o município de Sanza Pombo a Quimbele estão concluídos. “Esta promessa reiterada várias vezes tornou-se hoje realidade, permitindo que a população, que antigamente fazia longos dias de viagem para chegar a Quimbele ou à cidade do Uíge e vice-versa, circulem à vontade e sem sobressaltos”, disse o governador.

Mais água e energia eléctrica

O governador do Uíge afirmou que o Programa “Água para Todos” atingiu 52 por cento da cobertura geral das localidades da província. Vários furos artesianos foram abertos e colocados fontanários e mini hídricas nas localidades municipais, facto que encurtou as longas distâncias que a população era obrigada a percorrer em busca de água potável.
A energia eléctrica na sede provincial e nas vilas municipais continua a merecer a maior atenção, com o aumento de mais 20 mega watts para a cidade do Uíge.
O Programa de Combate à Pobreza está a melhorar as condições de vida das populações dos municípios, comunas, regedorias e aldeias, e o Programa de Aquisição de Produtos Agro-Pecuários (PAPAGRO) incentiva a produtividade.
O Governo vai continuar a trabalhar até 2017 no sentido de cumprir a sua carteira de projectos, que visa responder satisfatoriamente aos anseios dos cidadãos e melhorar as condições de vida das populações.

Tempo

Multimédia