Províncias

Directora provincial do Uíge da Família condena atitudes negativas de jovens

A directora provincial do Uíge do Ministério da Família e Promoção da Mulher, Emília Fernandes, condenou quarta-feira, naquela cidade, a atitude de muitos cidadãos, maioritariamente jovens, que protagonizam actos de vandalismo nos cemitérios durante os actos fúnebres.

A directora provincial do Uíge do Ministério da Família e Promoção da Mulher, Emília Fernandes, condenou quarta-feira, naquela cidade, a atitude de muitos cidadãos, maioritariamente jovens, que protagonizam actos de vandalismo nos cemitérios durante os actos fúnebres.
A responsável manifestou esta preocupação quando dissertava sobre o tema “O papel da família no resgate dos valores éticos e sociais”, num encontro promovido pelo secretariado provincial do Uíge da JMPLA, para saudar o 68º aniversário natalício do Presidente da República, José Eduardo dos Santos, que se assinala no próximo dia 28.
“Tem havido muitos casos de vandalismo. Constatamos que muitos jovens bebem e fumam em funerais, fazem muito barulho. Às vezes ainda não enterraram e alguns já estão em festa, uns dispersos e outros a telefonar”, lembrou. />Por outro lado, Emília Fernandes pediu aos jovens para preservarem a cultura e a identidade angolana, de forma a dignificar o nome do país. “É preciso preservar também os bens, o trabalho e o respeito pelos direitos humanos. É preciso respeitar as leis que estão estabelecidas no país, assim como as suas instituições”, disse.
O encontro, promovido pelo secretariado provincial da JMPLA, congregou militantes da JMPLA, académicos e docentes.
“As principais causas de gravidez precoce, abortos indesejados e taxa de mortalidade infantil”, “Consumo excessivo de álcool e outras drogas, consequências futuras e medidas de prevenção”, “O papel da família no resgate dos valores éticos e sociais” e a “Problemática da prostituição e poligamia na juventude, numa visão social e psicológica”, foram igualmente abordados.

Tempo

Multimédia