Províncias

Estudantes sugerem abertura de mais bibliotecas no Uíge

Estudantes do Instituto Médio Politécnico Manuel Quarta Punza e do Instituto de Administração e Gestão sugeriram, na cidade do Uíge, a abertura de mais bibliotecas na província, para facilitar a investigação académica dos alunos e docentes.

Alunos no Uíge querem ter acesso à mais bibliografia científica e de cultura geral
Fotografia: João Gomes

Estudantes do Instituto Médio Politécnico Manuel Quarta Punza e do Instituto de Administração e Gestão sugeriram, na cidade do Uíge, a abertura de mais bibliotecas na província, para facilitar a investigação académica dos alunos e docentes.
Em declarações à Angop, os estudantes afirmam que a criação de mais bibliotecas permite o acesso à bibliografia científica, literária e de cultural geral.
 João da Costa, aluno da 10ª classe do curso de Contabilidade, disse que as duas bibliotecas existentes na cidade do Uíge, no Instituto Superior de Ciências de Educação e na Direcção provincial da Cultura, deviam ser apetrechadas com mais manuais para incentivar os jovens a cultivarem o hábito pela leitura.
 Antónia Muhongo, estudante do curso de Informática, frisou que a carência de livros de informática nas duas bibliotecas obriga a que muitos alunos se desloquem a Luanda para adquirirem a bibliografia dos seus cursos.
 “Há uma carência enorme de bibliografia nas bibliotecas da cidade, sobretudo livros tecnológicos e científicos, isto dificulta em grande medida as investigações académica dos alunos e dos professores”, reforçou a estudante.

Tempo

Multimédia