Províncias

Faculdades da Kimpa Vita vão ter mais salas de aula

António Capitão | Uíge

 As unidades orgânicas da Universidade Kimpa Vita (Unikivi) sedeadas na cidade do Uíge, concretamente a Escola Superior Politécnica do Uíge (ESPU) e as faculdades de Direito e de Economia, vão ter novas salas de aula no próximo ano académico, anunciou o governador provincial.

Entidades do Governo Provincial , sociedade civil e partidos políticos visitaram as instalações da Universidade
Fotografia: Eunice Suzana- Negage|Edições Novembro

Pinda Simão, que falava durante a cerimónia de cumprimentos de fim-de-ano, fez saber que, no âmbito do Programa de Investimentos Públicos, no ano que acaba de iniciar vão ser erguidas várias infra-estruturas para as unidades da Unikivi.  O governador referiu que o aumento de salas nas referidas instituições vai permitir a inscrição de mais alunos assim como melhorar a acomodação dos alunos e dos docentes. “Vamos construir mais 20 salas para a Universidade Kimpa Vita com a finalidade de absorvemos mais alunos”, disse.
  Pinda Simão anunciou ainda a construção de mais 65 escolas no ensino geral, e novos edifícios para a Polícia de Intervenção Rápida, Administração Municipal do Bembe,  Hospital Municipal de Milunga e a conclusão das obras dos hospitais municipais de Ambuíla e Alto Cauale.
 Vão ainda ser reabilitadas, de acordo com o responsável máximo da província,  estradas no bairro Candombe-velho e a via de acesso às unidades da Universidade Kimpa Vita.
 
Mais energia e água
 Pinda Simão sublinhou que foram adquiridos, no ano findo,  26 grupos geradores, montados  mais de 130 postos de energia eléctrica e 31 painéis solares para o alargamento da rede de distribuição domiciliária e iluminação pública nos 13 municípios, que não beneficiam da barragem de Capanda.
 Segundo o governante, nos municípios do Uíge e do Negage foram feitas mais 930 ligações domiciliárias e  ampliada a rede eléctrica pública, “acções que vão continuar com a conclusão de mais 800 ligações nos bairros Kilala, Mbemba Ngango, Candande e Candombe-novo”.
 “Em 2018, foram reabilitados 17 sistemas de abastecimentodeágua e construídos mais 20, que permitiram efectuar 12.341 ligações domiciliárias, a partir da nova Estação de Tratamento de Águas Residuais do Uíge, que beneficiam 111 mil e 990 habitantes. Portanto, o Governo Provincial vai continuar a fazer com que mais populares em toda a província tenham acesso a energia eléctrica e água potável”, assegurou.

Tempo

Multimédia