Províncias

Feira da Saúde em Ambuíla assiste centenas de pessoas

Valter Gomes | Quipedro

Médicos e enfermeiros do Hospital Central do Uíge realizaram ontem, na comuna do Quipedro, município de Ambuíla, exames de pressão arterial, glicemia, despiste de má nutrição e testes de VIH-sida a centenas de pessoas, durante a Feira da Saúde.

Promovida pela Direcção Provincial da Saúde do Uíge, na Feira da Saúde foram também realizadas consultas pediátricas, pré-natais e de planeamento familiar. Durante o rastreio,  centenas de crianças foram diagnosticadas com problemas de má nutrição, adultos com baixa e alta pressão, além de muitos casos de glicemia.
A directora provincial da Saúde no Uíge, Luísa Cambuta, que coordenou a actividade, disse que o objectivo é aproximar os serviços sanitários das populações e facilitar o atendimento das pessoas com dificuldade de se deslocar às unidades sanitária da comuna.
Com o aproximar da época chuvosa, Luísa Cambuta referiu que  muitas doenças vão surgir no seio da população e apontou, como exemplo, as diarreias, cólera e malária.
Luísa Cambuta aconselhou as pessoas a manterem os quintais limpos, a tratarem o lixo, a ferverem a água e a cumprirem   as  orientações dos técnicos de Saúde.
Em relação às mulheres gestantes, a directora da Saúde disse ser importante  frequentarem as consultas pré-natais para que possam determinar o seu estado de saúde e do bebé.
O regedor do Quipedro, Paca Paixão, pediu para  iniciativas do  género se realizarem mais vezes e disse que em função da distância que separa a comuna da sede do município, muitos doentes têm dificuldade em deslocar-se em busca de assistência médica e medicamentosa.
Miranda Mayel, soba do bairro Quicumbi, na periferia da sede comunal do Quipedro,   considerou  positiva a  realização da Feira da Saúde, porque “as pessoas ficam a conhecer melhor o seu  estado de saúde”.
O responsável do Posto de Saúde do Quipedro, Benedito Lucas Maconda, afirmou que a unidade sanitária regista muitos casos de hipertensão. “Diariamente atendemos mais de 30 doentes com patologias diversas, mas a hipertensão, a malária e os casos de glicemias são muito mais frequentes.”
A comuna do Quipedro dista 97 quilómetros da sede municipal de Ambuíla e 197 quilómetros da cidade capital da província do Uíge. Com  11 aldeias, a localidade possui cinco postos de saúde, assegurados por 18 enfermeiros, para 4.041 habitantes.

Tempo

Multimédia