Províncias

Futuro dos jovens preocupa organização

Valter Gomes |Uíge

A formação académica e profissional da juventude do município do Quitexe, na província do Uíge, constitui uma das a­postas da Liga Juvenil dos Amigos e Naturais (Lijandak), disse ao Jornal de Angola o presidente da organização.

Desenvolvimento rápido e sustentável do município depende da participação e colaboração de todas as forças vivas da localidade
Fotografia: Felipe Botelho|Uíge

Gildo Unigénito considerou importante a formação da juventude para permitir a sua inserção na sociedade e evitar o elevado índice de criminalidade que se regista no município, sublinhando que, com este esforço, a organização apoia o Executivo no combate à pobreza e contribuiu para o bem-estar das comunidades.
Na primeira edição das festas do município organizadas recentemente pela administração local, por ocasião dos 101 anos da fundação da vila, a Lijandak envolveu a juventude em acções de tapa buracos, nos troços que ligam a sede municipal às localidades de Dambi-à-ngola, Cuale e à aldeia Quimassabi.
Também foram realizadas palestras sobre as linhas mestras para o desenvolvimento do município e outras com o objectivo de despertar a juventude sobre a importância de adoptarem uma boa conduta social.
O responsável garantiu que a organização garantiu dar continuidade às acções e criar condições necessárias para a realização de palestras, encontros, excursões e outros eventos que visam esclarecer os jovens.
sobre a importância da formação académica, técnica e profissional. “Portanto, o país necessita da força destes jovens, mas para tal é necessária uma formação técnica e profissional para que possam dar o seu contributo à nação, pois de contrário torna-se difícil a sua inserção na sociedade”, sustentou. />Para alcançar os propósitos da organização, disse, é necessária a contribuição e colaboração de todos os membros da organização, amigos, naturais e autoridades locais.
Além da formação académica e profissional dos jovens, a Lijandak, em colaboração com a administração municipal do Dange-Quitexe e a Associação Industrial de Angola (AIA) no Uíge, apostam, a partir do próximo ano, na implementação de projectos de desenvolvimento agro-pecuário, para permitir a inserção de mais jovens no mercado do emprego.
“O objectivo é garantir maior sustentabilidade ao Programa de Combate à Fome e à Pobreza implementado pelo Executivo. Estamos a criar as condições para o arranque do projecto”, esclareceu.
O administrador municipal do Dange-Quitexe, Salvador Bernardo Lindo Cuhema, enalteceu a iniciativa da associação e garantiu que a administração municipal tem as portas abertas para apoiar todos os projectos que visam contribuir para o desenvolvimento local, com vista ao bem-estar social das populações.Segundo o responsável, o desenvolvimento rápido e sustentável do município depende da participação e colaboração de todos.
 Por isso, convidou os empresários e empreendedores a investirem nos diversos sectores do município. A Liga Juvenil dos Amigos e Naturais do Dange-Kitexe é uma organização não-governamental, fundada a 12 de Novembro de 2012.

Tempo

Multimédia