Províncias

Governo apoia mulheres religiosas

Milton Eduardo|Uíge

A direcção provincial da Família e Promoção da Mulher entregou, na quarta-feira, chapas de zinco a mulheres da Igreja de Reavivamento Bíblico para a construção de um centro de alfabetização.

Muitas actividades são realizadas na igreja no âmbito da jornada "Março Mulher"
Fotografia: Filipe Botelho

A direcção provincial da Família e Promoção da Mulher entregou, na quarta-feira, chapas de zinco a mulheres da Igreja de Reavivamento Bíblico para a construção de um centro de alfabetização.
Teresa Pinto, chefe de departamento provincial da Família e Promoção da Mulher, que entregou o material, disse que a oferta surgiu em resposta a um pedido das fiéis daquela igreja empenhadas em reduzir o número de analfabetas na congregação. A presidente da União Feminina da Igreja Evangélica de Avivamento Bíblico de Angola agradeceu a oferta e referiu que o objectivo da alfabetização é facilitar o enquadramento das mulheres no mercado de trabalho.  A direcção provincial da Família e Promoção da Mulher promoveu, no Uíge uma palestra subordinada ao tema “prostituição e alcoolismo”.
A palestra, realizada nas instalações da Igreja de Reavivamento Bíblico, enquadra-se no conjunto de actividades no âmbito das comemorações da jornada “Março Mulher”.
Teresa Pinto disse que o tema da palestra foi escolhido por serem dois males que atingem a sociedade e requerem uma análise profunda para se identificarem as causas, tendo em conta “as devastadoras consequências nas famílias e na sociedade”.
A oradora referiu que a procura de meios financeiros para sustentar os vícios e os filhos e as más companhias são algumas das causas da prostituição e do consumo exagerado de álcool.
“Devem ser vigilantes nos vossos bairros e locais de trabalho, não permitindo que alguma mulher se comporte de forma imoral”, disse, dirigindo-se às fiéis da igreja.
Ao verificarem isso, sugeriu, acon­selhem-nas e, em caso de resistência, comuniquem aos órgãos policiais. A presidente da União Feminina da Igreja Evangélica do Avivamento Bíblico prometeu que as fiéis vão continuar de mãos dadas com “as forças sociais e filantrópicas no incentivo à realização de actividades que combatam a prostituição e o consumo exagerado de álcool”. 
“Estamos satisfeitas pela escolha da nossa igreja para discutir este importante tema numa altura em que há muitas mulheres a consumirem álcool de forma exagerada”, disse Elisa Massokolo, frisando.
“Julgamos que com a palestra vamos ajudar a diminuir o número desses casos ”.

Tempo

Multimédia