Províncias

Gruta de Nzinga-à-Nzambi tem potencial para turismo

Joaquim Júnior|Uíge

Um projecto denominado “Turi-Uíge” está a impulsionar o sector turístico na região, tendo em conta a descoberta, nos últimos meses, de novos locais que podem atrair excursionistas angolanos e estrangeiros, provenientes de vários pontos do país e do mundo.

Alguns excursionistas foram constatar o grande potencial turístico da gruta
Fotografia: José Bule | Uíge

Um projecto denominado “Turi-Uíge” está a impulsionar o sector turístico na região, tendo em conta a descoberta, nos últimos meses, de novos locais que podem atrair excursionistas angolanos e estrangeiros, provenientes de vários pontos do país e do mundo.
O director provincial de Hotelaria e Turismo do Uíge, Abraão Laurindo da Silva, disse ao Jornal de Angola que o projecto está virado para a realização de acções de descoberta, levantamento e usufruto dos locais turísticos que a província oferece, acreditando que isso vai atrair cada vez mais excursionistas.
A província do Uíge possui muitos locais que são verdadeiros encantos naturais e que devem ser melhor aproveitados pelos jovens empreendedores. Além dos já conhecidos pelos nativos e visitantes, como a famosa Lagoa do Feitiço e a ponte sobre o rio Dange, no município do Quitexe, e a Lagoa do Mufututu, no Songo, o projecto permitiu, segundo o responsável, a descoberta das Grutas da Cabala, no Negage, Gruta do Nzenzo e Pedras do Bombo, no Ambuíla, e a Gruta de Nzinga-à-Nzambi, localizada no município do Bembe.
“A descoberta de locais e sítios como a Pedra de Malele, no município de Maquela do Zombo, as Grutas de Ambuíla, as Cascatas do Rio Nzadi, as Quedas do Rio Cuilo e outros tantos por descobrir vão surpreender os turistas que, nos próximos dias, visitarem as terras do bago vermelho”, disse o responsável.
Em saudação ao Dia Mundial do Turismo, a direcção provincial da Hotelaria e Turismo promoveu sábado passado uma excursão ao município do Bungo, onde os jovens empreendedores fizeram trocas comerciais, durante a realização de uma feira agropecuária.
Na província do Uíge, o programa de actividades alusivas ao 27 de Setembro, Dia Mundial do Turismo, começaram no dia 16, com a recepção de um grupo de estudantes da Universidade Privada de Angola (UPRA), que debateram “O Estado Actual do Desenvolvimento da Hotelaria e Turismo em Angola” durante uma conferência, além da realização de uma palestra sobre “A Importância do Turismo”.

Tempo

Multimédia