Províncias

Hospital apetrechado com medicamentos

Joaquim Júnior | Uíge

Mais de duas toneladas de medicamentos e materiais hospitalares diversos foram entregues quarta-feira ao Hospital Municipal do Negage, província do Uíge, pela Cruz Vermelha de Angola, fruto da parceria existente entre a organização e o Ministério da Saúde.

O secretário provincial da Cruz Vermelha no Uíge, Afonso Pereira, que fez a entrega do material, disse tratar-se de uma aposta da organização em continuar  a promover acções de ajuda humanitária. A oferta de medicamentos ao Hospital  resulta dos apoios que a instituição beneficia de outros parceiros sociais.
Durante o conflito armado que assolou o país, a Cruz Vermelha de Angola esteve ao serviço do Estado para fazer chegar os serviços médicos e de medicamentos, além de bens de primeira necessidade às populações que se encontravam concentradas em muitos locais que serviam de refúgio.
“Com o alcance da paz, a nossa missão humanitária continua viva para contribuir para o bem-estar das populações. Neste momento, além do programa de doação de medicamentos, também estamos a prestar contributo na luta contra o VIH-Sida e actuamos como pronto-socorro em grandes acontecimentos desportivos”, disse.
O director-geral do Hospital Municipal do Negage, Luzaiadio José, agradeceu o gesto da Cruz Vermelha. “Estamos gratos com esta oferta da Cruz Vermelha. Os doentes não são apenas do município do Negage, pois vêm de outros pontos em busca de cuidados médicos e, muitas vezes, não é possível dar a resposta desejada em função das nossas limitações", precisou.
O Hospital do Negage tem capacidade de internamento para 163.pacientes. A unidade dispõe dos serviços de banco de urgência, pediatria, maternidade, cirurgia, bloco operatório e medicina. Conta ainda com uma área de raio X, laboratório de análises clínicas e ecografia.

Tempo

Multimédia