Províncias

Identificados projectos na área social

Nicodemos Paulo | Uíge

O consórcio Cowater Internacional DW Angola, em parceria com a Direcção Nacional de Águas e Saneamento, promoveu na sala de sessões da antiga Câmara Municipal, um seminário de identificação de projectos de água e saneamento nas comunidades.

Fornecimento de água potável nas sedes municipais melhorou substancialmente
Fotografia: Jornal de Angola

O consórcio Cowater Internacional DW Angola, em parceria com a Direcção Nacional de Águas e Saneamento, promoveu na sala de sessões da antiga Câmara Municipal, um seminário de identificação de projectos de água e saneamento nas comunidades.
O seminário contou com a participação dos administradores municipais, empreiteiros ligados aos projectos e técnicos do sector da energia e águas da província.
Serviu para delinear acções nos próximos anos e avaliar a estratégia e desenvolvimento de políticas de planeamento e formulação de programas de água e saneamento, além de permitir a realização de pesquisas de campo nas comunidades seleccionadas, no sentido de um melhor planeamento e participação local.
Durante os trabalhos foram seleccionados os municípios do Uíge, Quitexe e Damba, onde os técnicos do consórcio Cowater Internacional, administradores municipais e técnicos da Direcção Provincial de Águas do Uíge trabalham na identificação dos projectos mais viáveis para as localidades.
“O resultado deste trabalho vai permitir que os técnicos desenhem propostas técnicas com orçamentos específicos para serem submetidos ao Ministério da Energia e Águas e ao Banco Africano de Desenvolvimento, para serem financiados e executados nas comunidades das províncias do norte do país”, disse o técnico do consórcio, Kupi Baptista. O vice-governador provincial para a área económica, Carlos Samba, afirmou que a elaboração dos projectos de água e saneamento representam um passo importante para a solução do problema da água na região norte do país, “pois a sua execução e entrada em funcionamento vão ajudar a resolver uma das grandes preocupações do Governo Provincial”.
Carlos Samba disse, também, que as zonas rurais são as que maiores dificuldades enfrentam no abastecimento de água, daí merecerem maior atenção.
O vice-governador apelou aos administradores municipais e técnicos da Direcção Provincial das Águas a proporem soluções realistas e exequíveis, que reflictam a realidade local e beneficiem as suas populações.
O chefe do departamento de água da Direcção Provincial de Energia e Águas, Dinis Júlio Martins, disse que o fornecimento nas sedes municipais melhorou bastante em relação aos anos anteriores e explicou que estão a ser melhoradas as redes de distribuição, para melhorar o processo de distribuição de água na cidade do Uíge e arredores.
No âmbito do Programa Água para Todos, disse, decorrem trabalhos de aumento da capacidade de produção nos municípios do Negage e Damba, que devem ser concluídos no primeiro semestre de 2013.

Tempo

Multimédia