Províncias

Inauguradas mais escolas no Uíge

António Capitão| Bungo

Um complexo escolar para o II ciclo do ensino secundário e uma escola da instrução primária foram inauguradas, na última quinta última, na província do Uíge, pelo director local da Educação, Maculo Valentim Afonso.

Complexo estudantil erguido no município do Bungo, com 18 salas de aulas
Fotografia: António Capitão

Um complexo escolar para o II ciclo do ensino secundário e uma escola da instrução primária foram inauguradas, na última quinta última, na província do Uíge, pelo director local da Educação, Maculo Valentim Afonso.
O complexo, que conta com 18 salas de aulas, foi erguido no município do Bungo, enquanto a escola do ensino primário tem quatro salas e está a funcionar na aldeia de Quipaxe.
Com a construção destas infra-estruturas escolares, dizia Maculo Valentim, a localidade conta com mais 22 novas salas de aulas, que poderão albergar pelo menos 720 alunos, em cada turno.
Estas inaugurações permitiram igualmente que muitas crianças vissem melhoradas as condições de ensino e aprendizagem, uma vez que recebiam as aulas debaixo de árvores ou ao ar livre.
O director provincial pediu aos professores, alunos e encarregados de educação que conservassem as infra-estruturas, bem como encorajou a plantação de árvores e criação de espaços verdes para garantirem um ambiente cada vez mais saudável na escola. Maculo Valentim louvou os esforços empreendidos pela administração municipal, que apetrechou as duas escolas com carteiras, quadros, material de escritório e outros meios indispensáveis.
“Se todas as administrações municipais tomassem este princípio, muitas escolas já estariam apetrechadas, o que permitiria diminuir a pressão sobre a direcção provincial da Educação, que dispõe de poucos recursos financeiros para dar resposta aos vários problemas do sector”, rematou.
A escola primária do Quipaxe, segundo o encarregado de obras da empreiteira Hilunga Comercial, Carlos Dias, custou aos cofres do Estado mais de 22 milhões de kwanzas e foi construída em cinco meses.

Tempo

Multimédia