Províncias

Incentivada plantação de árvores

Valter Gomes |Uíge

O Governo Provincial do Uíge criou uma comissão para coordenar as actividades de repovoamento florestal na cidade do Uíge, para evitar que as tempestades destruam as residências e outras infra-estruturas, anunciou o governador provincial.

Durante o encontro foi também analisada a agenda das actividades em prol ao Dia da Paz
Fotografia: Filipe Botelho|uíge

Paulo Pombolo falava num encontro de preparação das comemorações do 4 de Abril, Dia da Paz e avançou que a comissão criada é coordenada pelo vice-governador para Área Técnica e Infra-estruturas, Afonso Luviluco, coadjuvado pelo director provincial do Urbanismo e Habitação, Seluyeki Manuel.
O governador do Uíge recomendou à comissão  a acelerar os trabalhos de identificação dos locais onde vão ser plantadas as árvores. Paulo Pombolo explicou que o objectivo principal é travar as tempestades capazes de destruir residências e outras infra-estruturas sociais, provocando a morte de várias famílias.
Paulo Pombolo aconselhou a população a não arrancar as árvores e informou que o Governo Provincial está a criar mecanismos para melhorar as condições de acomodação de todos os habitantes que se encontram em zonas de risco.
“Com o aumento da população no centro da cidade, muitas residências estão a surgir em locais impróprios”, disse o governador provincial. Paulo Pombolo recomendou à administração municipal  do Uíge o aceleramento do processo de localização de terrenos e definir os lotes a serem distribuídos aos cidadãos.
O governador provincial do Uíge disse que as Administrações Municipais devem desenvolver campanhas de limpeza e de manutenção das valas de drenagem e corredores de águas fluviais urbanas dos bairros periféricos das vilas e cidades.
 O governador provincial do Uíge alertou os donos de animais de estimação para os manterem no interior dos seus quintais e vaciná-los periodicamente, sob pena de serem capturados.
“Não vamos permitir que os cidadãos sejam mordidos por cães raivosos  vadios. Por isso, todos os animais que deambularem pelas ruas são capturados, para que sejam evitadas mortes de cidadãos por raiva”.

Tempo

Multimédia