Províncias

Jovens no Uíge doam sangue

Valter Gomes

Um grupo de 54 militantes da JMPLA do município do Uíge deu, no passada sábado, no hospital geral da província, mais de 50 litros de sangue para ajudar a minimizar a carência que se verifica naquele estabelecimento.

Um grupo de 54 militantes da JMPLA do município do Uíge deu, no passada sábado, no hospital geral da província, mais de 50 litros de sangue para ajudar a minimizar a carência que se verifica naquele estabelecimento. Carlos Afonso, um dos dadores, disse que tinha sido uma oportunidade para poder ajudar a salvar vidas humanas e que os jovens devem dar exemplos à sociedade.
Os jovens, afirmou, devem estar, cada vez mais, mobilizados para ajudar na resolução dos problemas que afectam a sociedade e neste caso particular os dos doentes internados naquela unidade
Nkolua Pedro referiu que “doar sangue é o mesmo que doar uma vida” e por isso aconselhava os jovens religiosos e aos que fazem parte de organizações juvenis da província a seguirem o exemplo da JMPLA. O primeiro secretário provincial da JMPLA em exercício, Januário Videira, que coordenou a campanha, salientou que a oferta do sangue tinha o objectivo de saudar o IV Congresso Extraordinário do MPLA, que decorreu na sexta-feira e no sábado, em Luanda.
“Tendo em conta a carência de sangue na secção da hemoterapia, devido à maior afluência de doentes, solidarizarmo-nos com o hospital geral do Uíge, no reforço da sua capacidade de salvar vidas humanas”, declarou.
Januário Pedro avançou que a JMPLA vai continuar a realizar acções do género noutras unidades sanitárias da província.
JoãoKiala, chefe da secção de hemoterapia do hospital, frisou que o gesto da JMPLA vai ajudar a salvar muitos doentes.  “Este é um bom exemplo de solidariedade”, disse o João Kiala.

Tempo

Multimédia